O Crepúsculo das Esquerdas


Created on 02 Apr, 2024
Last Update on 02 Apr, 2024
Maintainer
pior_naum_fica

No Brasil, tirando o período do Bolsonaro, foram 36 anos de mediocridade. O crescimento médio foi abaixo de 2% ao ano. De 1900 a 1986 o crescimento médio, do Brasil, foi de mais de 7% ao ano. Durante o período da esquerda no poder, o Brasil marcou passo.

Agora, com a volta da direita ao poder, o Brasil vai voltar a crescer mais de 7% ao ano. Em dez anos o Brasil vai ser uma potência mundial, entre as cinco maiores economias do mundo. Muitos brasileiros vão deixar de ser pobres. A esquerda no poder leva as nações à mediocridade.

Milei acabou de fazer 100 dias na presidência da Argentina. Está fazendo uma revolução. A credibilidade voltou à Argentina. Ela, agora, tem um presidente que sabe falar. Enquanto isso, ainda temos um presidente que só sabe falar bobagem. E é ridicularizado por todo o mundo.

Os quatro anos de governo Bolsonaro foram suficientes para transformar o Brasil. Apesar da epidemia, o Brasil voltou a crescer acima da média dos outros países. O agronegócio cresceu bastante e distribuiu empregos pelo Brasil, principalmente pelo interior. A transformação foi profunda.

Hoje o agronegócio não é só plantação de commodities é também industrialização. A produção de proteína animal cresce em todo o Brasil. O que aumenta muito a renda no interior. Agora a produção de álcool de milho está fortalecendo ainda mais a industrialização e fortalece as exportações, com produtos de maior valor agregado.

A industrialização do agronegócio gera empregos em todo o Brasil. Levando riqueza a lugares que estavam estagnados há séculos. Isso está transformando profundamente o Brasil. Somos uma nação em crescimento acelerado. Produzindo commodities industriais para o mundo.

O aumento da produção de energia, de diversas fontes, está transformando o Brasil. A maioria da energia produzida no Brasil é renovável. O que é algo muito raro no mundo. O custo da produção dessa energia é muito barato. Isso faz toda a diferença.

Estes dois últimos anos foram de grandes variações climáticas. Os picos de consumo de energia aumentaram bastante e o Brasil não teve racionamento. Isso ocorreu por causa do sistema de back-up de produção de energia elétrica com centrais termelétricas a gás natural.

O Brasil já produz bastante gás natural, mas ainda abaixo do seu consumo. Importa gás da Bolívia. E ainda tem uma rede de centrais de liquefação para importar gás liquefeito nos picos de consumo. Toda essa estrutura atendeu adequadamente os picos de consumo de energia elétrica. Ela foi montada ainda no governo Bolsonaro. Foi o que garantiu o crescimento contínuo do Brasil, nos últimos dois anos.

A montagem dessa rede de fornecimento de energia está garantindo a ampliação da industrialização do Brasil. As novas fábricas de veículos elétricos estão sendo instaladas, pois o Brasil conta com uma boa rede de produção de energia elétrica de diversas fontes. E essa rede está bem distribuída pelo Brasil inteiro.

E como o consumo está aumentando, a produção de energia elétrica também está crescendo.

O que mais está chamando atenção é o crescimento da produção de petróleo, principalmente o petróleo em águas profundas no pré-sal.

O aumento da produção de petróleo e de álcool está transformando a economia brasileira. Pois além de atender o consumo interno, ele produz excedentes para a exportação. E essas exportações estão crescendo muito rapidamente, produzindo superávits na Balança Comercial. Essa é a grande diferença do momento atual.

O aumento das reservas em dólares do Brasil está fazendo toda a diferença na economia brasileira.

Na Argentina, a esquerda limitou as exportações das commodities agrícolas, para dar preferência ao consumo interno. O que reduziu drasticamente as exportações e os superávit das contas externas. O que sufocou a economia da Argentina.

Milei voltou a incentivar as exportações de commodities agrícolas, o que começou a destravar a economia da Argentina. Sufocada pela falta de dólares. O que reduziu muito a geração de empregos.

O apoio do governo Bolsonaro ao agronegócio, às exportações de commodities e o aumento na produção de energia elétrica, de diversas fontes renováveis, está garantido o crescimento da economia brasileira.

Isso é escondido pela imprensa tradicional, que é financiada pela esquerda, que está no poder no Brasil. Todo esse avanço de infraestrutura implementado no governo Bolsonaro é ocultado.

A esquerda brasileira é medíocre. Vive glórias plantadas pelo governo Bolsonaro.


Replies

Comments